Cinema no Vagão Cultural terá filme sobre Inezita Barroso - Prefeitura de Cabreúva
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
                

        
        
        

        
        
        
        
        
        

        
        

        
        

        
        
        
                        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
          
        
        
        
        
        
        
        
        
        

		
		


    

Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Secretarias

21 OUT

Cinema no Vagão Cultural terá filme sobre Inezita Barroso


Atualizado em 22 Out 2019 às 05h

O Cinema no Vagão – uma das atrações da Estação Cultural Fotógrafo Tuta’, no Jacaré, prepara a exibição, em novembro, de um filme contando a história da cantora Inezita Barroso (1925-2015). A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Cabreúva programa as exibições de ‘Inezita’ para os dias 9 e 10 de novembro.

 

O documentário foi produzido pela TV Cultura e teve direção de Hélio Goldsztjn – que tomou o assunto como um projeto pessoal depois de conhecer facetas de Inezita das quais ele sequer desconfiava. Goldsztjn começou a se aprofundar na história desta ardorosa defensora da música de raiz quando viu uma exposição montada pelo Itaú Cultural, em 2017, em que Inezita era o assunto.

 

A partir dali, Hélio Goldsztjn começou a pesquisar, conversar com artistas, procurar dados, ouvir e colecionar tantos casos que aquele material se transformou em um documentário – filme que, agora, será exibido em Cabreúva.

 

Inezita Barroso comandou, ao longo de mais de três décadas, o programa Viola, Minha Viola, na TV Cultura. Quando ela começou, dividia a apresentação com o amigo e radialista Morais Sarmento. Depois, ficou sozinha no palco. Melhor dizendo: ficou muito bem acompanhada, sempre trazendo atrações que faziam seu público delirar.

 

Inezita tinha uma fórmula para a equipe de produção: trazer gente ‘da antiga’,  junto com algum novo talento. E assim o Viola Minha Viola ficou no ar por 35 anos.

 

O filme ‘Inezita’, no entanto, traz histórias de muito antes de Viola, Minha Viola. O documentário lembra o temperamento de Inezita Barroso, que resolveu o que queria ainda menina, em uma época em que mulher podia muito pouco. Ser artista, então, era um Deus-nos-acuda.

 

Quarenta e três pessoas foram entrevistadas e falam de Inezita durante o filme. Em comum, todos afirmam que, se a música caipira ainda existe, é graças a Inezita. Além de cantora, ela se destacou como pesquisadora (viajou o Nordeste inteiro enfiada em um jipe), professora, folclorista...

 

Tanto assunto rendeu dois livros - “Inezita Barroso – Rainha da Música Caipira” (de Carlos Eduardo Oliveira) e “A História de uma Brasileira” (Arley Pereira). As histórias, a paixão, a defesa veemente da música brasileira e outros causos poderão ser conferidos no filme ‘Inezita’.

 

As apresentações serão em 9 e 10 de novembro, às 13h, 16h e 19h, no Vagão Cultural da rua Maranhão, no Jacaré.

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Fonte: Decom
Autoria: Carlos Santiago
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

08 MAI

Veja como fica a partir da próxima semana

22 JAN

Cursinho social pré-vestibular tem inscrições abertas

13 DEZ

Comdema terá última reunião ordinária dia 18, na Flora Brasília

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2020 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.