Saúde promove capacitação sobre tuberculose - Prefeitura de Cabreúva
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        

        
        
        

        
        
        
        
        
        

        
        

        
        

        
        
        
                        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
          
        
        
        
        
        
        
        
        
        

		
		


    

Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Saúde

13 MAI

Saúde promove capacitação sobre tuberculose


Atualizado em 17 Mai 2016 às 02h

Os sintomas, o contagio e a forma de tratamento foram o tema principal da capacitação promovida pela secretaria municipal de Saúde, em parceria com a Diretoria Regional de Saúde (DRSVII) de Campinas, sobre uma das doenças mais antigas que ainda atinge a humanidade: a tuberculose (doença infectocontagiosa e endêmica, provocada pelo bacilo de Koch, transmitida pela tosse e que afeta principalmente os pulmões, mas também pode ocorrer em outros tecidos do corpo).

A enfermeira Consuelo Gonzales dos Santos, interlocutora da DIR XVII, falou para médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas, fisioterapeutas, farmacêuticos, funcionários das vigilâncias e da recepção. “Prevenir a recidiva, curar, diminuir a transmissão e evitar a morte e as seqüelas, são nossos principais objetivos”.

Consuelo foi categórica em afirmar que a busca ativa de casos deve começar desde a recepção das Unidades. “Qualquer funcionário da Unidade de Saúde pode solicitar o teste de escarro (principal forma de diagnóstico, indicado para pessoas que apresentam tosse há mais de 3 semanas). É importante que toda a rede de Saúde esteja atenta aos principais sintomas da tuberculose”, afirma.

De acordo com a enfermeira, Cabreúva apresenta hoje cinco casos em tratamento (o tratamento é de seis meses e a doença é 100% curada quando o tratamento é feito corretamente pelo paciente). “Para a busca ativa é importante que sejam realizados exames em cerca de 1% dos casos sintomáticos respiratórios do total da população do município. No caso de Cabreúva isso giraria em torno de 460 pessoas. Dessas pessoas, de acordo com estatísticas do governo, 16 pessoas teriam os testes positivados. A busca ativa é nossa principal arma na busca desses doentes”, conclui Consuelo.

A secretária de Saúde, Dra Rita Moraes Hollo abriu e fechou o evento realizado em dois dias, para três turmas diferentes, falando sobre a intensificação do município na busca ativa da doença. “Agradeço imensamente a enfermeira Consuelo e toda minha equipe de trabalho que esteve aqui presente. Agora iremos multiplicar essas informações entre nossos agentes de saúde e todos que não puderam estar presentes. Pretendemos aumentar a busca ativa em todos os serviços de saúde”, afirmou.

 

Transmissão da tuberculose

A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa, portanto, a aglomeração de pessoas é o principal fator de transmissão. A pessoa com tuberculose expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotas de saliva que contêm o agente infeccioso e podem ser aspiradas por outro indivíduo contaminando-o. Má alimentação, falta de higiene, tabagismo, alcoolismo ou qualquer outro fator que gere baixa resistência orgânica, também favorece o estabelecimento da tuberculose.

Sintomas de Tuberculose

Alguns pacientes não exibem nenhum indício da tuberculose, outros apresentam sintomas aparentemente simples que são ignorados durante alguns anos (ou meses). Contudo, na maioria dos infectados com tuberculose, os sinais e sintomas mais frequentemente descritos são: tosse seca contínua no início, depois com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue, cansaço excessivo, febre baixa geralmente à tarde, sudorese noturna, falta de apetite, palidez, emagrecimento acentuado, rouquidão, fraqueza e prostração.

Os casos graves de tuberculose apresentam: dificuldade na respiração, eliminação de grande quantidade de sangue, colapso do pulmão, acúmulo de pus na pleura (membrana que reveste o pulmão) - se houver comprometimento dessa membrana, pode ocorrer dor torácica.

Tratamento de Tuberculose

O tratamento da tuberculose à base de antibióticos é 100% eficaz, no entanto, não pode haver abandono. A cura da tuberculose leva seis meses, mas muitas vezes o paciente não recebe o devido esclarecimento e acaba desistindo antes do tempo. Para evitar o abandono do tratamento da tuberculose é importante que o paciente seja acompanhado por equipes com médicos, enfermeiros, assistentes sociais e visitadores devidamente preparados.

Prevenção

Para prevenir a tuberculose é necessário imunizar as crianças com a vacina BCG. Crianças soropositivas ou recém-nascidas que apresentam sinais ou sintomas de Aids não devem receber a vacina. A prevenção da tuberculose inclui evitar aglomerações, especialmente em ambientes fechados, e não utilizar objetos de pessoas contaminadas sem tratamento.

Fonte: Ministério da Saúde

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Autoria: Adriana Gomes
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

19 FEV

Convite: Audiência Pública das metas fiscais

19 JAN

Primeiro mamógrafo de Cabreúva vai zerar a fila de espera em dois meses

15 JAN

Gestantes participam de visita à maternidade da Santa Casa

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2024 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.