Atenção básica ofereceu 73 mil consultas médicas em 2019 - Prefeitura de Cabreúva
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
                

        
        
        

        
        
        
        
        
        

        
        

        
        

        
        
        
                        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
          
        
        
        
        
        
        
        
        
        

		
		


    

Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Saúde

18 FEV

Atenção básica ofereceu 73 mil consultas médicas em 2019


Atualizado em 27 Fev 2020 às 08h

A Secretaria de Saúde de Cabreúva ofertou 73.874 consultas médicas (pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínica, estratégia da família e dentista) nas oito unidades de saúde da cidade durante 2019. O orçamento da pasta no ano passou de R$ 41 milhões, sendo 85% (cerca de R$ 35 milhões) de recursos municipais.

 

Os números foram apresentados na tarde desta quinta-feira (20), pela secretária de Saúde, Rita Hollo, na audiência pública do terceiro quadrimestre (setembro a dezembro) de 2019, em cumprimento à lei federal 8.689/93, que prevê a prestação de contas pelo gestor de saúde ao Legislativo e à sociedade.

 

Durante a apresentação, a secretária Rita Hollo chamou a atenção, mais uma vez, para o alto índice de faltas nas consultas médicas, o chamado absenteísmo. Para se ter ideia, das 73.874 consultas agendadas em 2019 na atenção básica, foram realizadas 58.233. São mais de 21% de consultas desperdiçadas.

 

Nas especialidades, o percentual chegou a 18%, na média. Foram 15.779 agendamentos e 2.775 faltas. “A questão não é a oferta, é a realização da consulta. O impacto significa que o paciente volta para a fila e interfere diretamente no tratamento dos outros pacientes”, analisa a secretária.

 

Os números da assistência farmacêutica também chamam a atenção. Durante todo o ano, foram realizados 136.792 atendimentos nas farmácias, incluindo a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA). O investimento, somente no terceiro quadrimestre, foi de R$ 634 mil.

 

Na questão dos medicamentos, destacou Rita, o que chama a atenção são os gastos com ações judiciais. No período, foram investidos R$ 358 mil em medicação para toda a atenção básica e UPA. Já os mandados chegaram a R$ 276 mil, para atender apenas 86 pacientes. “Na maioria dos casos, são medicamentos que o Estado deveria fornecer.”

 

Entre as ações do terceiro quadrimestre, a secretária destacou os convênios com a Ateal, AACD, SVO (Serviço de Verificação de Óbito) e Grendacc, que atendeu 144 pacientes no ano passado. “Também entregamos sete novos veículos, incluindo uma ambulância e um termolábil, para transporte de vacinas e medicamentos que precisam de climatização”, informou a secretária, destacando que o setor transportou mais de 22 mil pacientes e 10 mil acompanhantes durante o ano passado, “sem nenhum incidente”.

 

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Assuntos relacionados: saúdeprestação de contas
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

31 MAR

Coronavírus: Prefeitura divulga 13º Boletim Oficial

27 MAR

Coronavírus: Prefeitura divulga 12º Boletim Oficial

25 MAR

Coronavírus: Prefeitura divulga 11º Boletim Oficial

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2020 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.