Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Home

10 JAN

Prefeito determina que Procon entre na justiça para evitar a saída da agência do Banco do Brasil, no Centro


Atualizado em 11 Jan 2017 às 01h

O Prefeito Henrique Martin determinou na última semana que o Procon Municipal - Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor entrasse na justiça contra uma decisão do Banco do Brasil, que pretende fechar 402 agências, 31 superintendências e transformar 379 agências em postos de atendimento em todo o país, sendo uma delas no Centro de Cabreúva.

 

No processo, o Procon alega que se trata de um grupo de pessoas, consumidores, que usufruem dos serviços bancários prestados pela empresa e que, com o encerramento das atividades de algumas de suas agências, passarão pelos mais variados transtornos e sofrerão com a precarização de seus serviços.

 

O Procon de Cabreúva alerta ainda que o fechamento da Agência 6755-5 (Centro)  caracteriza um retrocesso para as relações de consumo do Estado e informa que "cumpre esclarecer que a agência mais próxima está localizada na Rua Guaxinduva, nº 101 do Distrito do Jacaré, ou seja, 16,1 km, distância essa que se percorrida de carro é de 17 minutos, porém nem todos os correntistas possuem veículo próprio, tendo que se locomover através de transporte público". Desta forma, inúmeros clientes e usuários estão se sentindo lesados com a modificação unilateral do conteúdo e/ou qualidade do contrato celebrado entre banco e seus clientes, ou seja, que diversos cabreuvanos serão prejudicados por uma iniciativa que partiu exclusivamente do banco.

 

A população cabreuvana já vinha se manifestando contrária a essa decisão do banco através de e-mails e abaixo assinados, desde que a notícia do fechamento foi veiculada. No dia 09 de dezembro, o Prefeito Henrique Martin encaminhou um ofício ao Presidente do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli e ao Presidente da República, Michel Temer, solicitando que a agência do Centro de Cabreúva não fosse fechada, pelo fato de que isso iria prejudicar centenas de correntistas, que terão problemas para se locomover até o Jacaré para realizar suas transações bancárias, além do que essa mudança acarretaria em uma superlotação da agência do Jacaré.

 

A Ação Civil Pública, movida pelo Procon de Cabreúva, já está nas mãos do Ministério Público e a expectativa é de que até a próxima sexta-feira, a promotoria emita um parecer em relação à solicitação.

 

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Assuntos relacionados: JustiçaMPbanco do brasilBBProcon
Fonte: Decom Cabreúva
Autoria: Danilo Biazin
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

13 ABR

Prefeitura inaugura nova Praça do Pinhal

12 ABR

O Cine Vagão está de volta com muito anime!

12 ABR

Inscrições abertas para projeto 'Meu Primeiro Emprego'

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2024 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.