Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Home

10 JAN

Prefeito determina que Procon entre na justiça para evitar a saída da agência do Banco do Brasil, no Centro


Atualizado em 11 Jan 2017 às 01h

O Prefeito Henrique Martin determinou na última semana que o Procon Municipal - Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor entrasse na justiça contra uma decisão do Banco do Brasil, que pretende fechar 402 agências, 31 superintendências e transformar 379 agências em postos de atendimento em todo o país, sendo uma delas no Centro de Cabreúva.

 

No processo, o Procon alega que se trata de um grupo de pessoas, consumidores, que usufruem dos serviços bancários prestados pela empresa e que, com o encerramento das atividades de algumas de suas agências, passarão pelos mais variados transtornos e sofrerão com a precarização de seus serviços.

 

O Procon de Cabreúva alerta ainda que o fechamento da Agência 6755-5 (Centro)  caracteriza um retrocesso para as relações de consumo do Estado e informa que "cumpre esclarecer que a agência mais próxima está localizada na Rua Guaxinduva, nº 101 do Distrito do Jacaré, ou seja, 16,1 km, distância essa que se percorrida de carro é de 17 minutos, porém nem todos os correntistas possuem veículo próprio, tendo que se locomover através de transporte público". Desta forma, inúmeros clientes e usuários estão se sentindo lesados com a modificação unilateral do conteúdo e/ou qualidade do contrato celebrado entre banco e seus clientes, ou seja, que diversos cabreuvanos serão prejudicados por uma iniciativa que partiu exclusivamente do banco.

 

A população cabreuvana já vinha se manifestando contrária a essa decisão do banco através de e-mails e abaixo assinados, desde que a notícia do fechamento foi veiculada. No dia 09 de dezembro, o Prefeito Henrique Martin encaminhou um ofício ao Presidente do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli e ao Presidente da República, Michel Temer, solicitando que a agência do Centro de Cabreúva não fosse fechada, pelo fato de que isso iria prejudicar centenas de correntistas, que terão problemas para se locomover até o Jacaré para realizar suas transações bancárias, além do que essa mudança acarretaria em uma superlotação da agência do Jacaré.

 

A Ação Civil Pública, movida pelo Procon de Cabreúva, já está nas mãos do Ministério Público e a expectativa é de que até a próxima sexta-feira, a promotoria emita um parecer em relação à solicitação.

 

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Assuntos relacionados: JustiçaMPbanco do brasilBBProcon
Fonte: Decom Cabreúva
Autoria: Danilo Biazin
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

28 MAI

Vem aí a Festa Junina de Cabreúva

24 MAI

Cabreúva tem 632 casos confirmados de dengue

23 MAI

Nova sala de informática para a EMEB Profª Jaira Batista Santana da Silva

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2024 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.