Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Home

01 MAR

Mais de 4 mil cabreuvanos faltaram em consultas em 4 meses


Em apenas quatro meses (de setembro a dezembro de 2016) 4.135 cidadãos cabreuvanos faltaram a consultas oferecidas pelas unidades de Saúde da cidade, dentro da Atenção Básica (clínica, pediatria, ginecologia e obstetrícia). São pessoas que foram até a unidade mais próxima, agendaram a consulta, confirmaram presença e, depois, simplesmente não compareceram.

Ou seja: outras 4.135 pessoas deixaram de ser atendidas nesses quatro meses, pois se essas pessoas tivessem avisado que não compareceriam a unidade de saúde, outras pessoas poderiam ter sido chamadas para ocupar as vagas.

“É um absurdo que mais de 4 mil pessoas faltem a consultas e não se preocupem em avisar para que possamos dar a vaga para outra pessoa”, comentou o prefeito Henrique Martin.

Na alta e média complexidade (consultas e exames de responsabilidade do Governo Estadual),e que são ofertadas pelo Estado em hospitais como o AME, o São Vicente e até mesmo a UNICAMP) Cabreúva teve, só no AME Jundiaí, 156 faltas em consultas e em exames no mesmo período. No Hospital Regional, dos 102 agendamentos, 17 pessoas faltaram aos exames e consultas (mais de 16%). No AME Santa Bárbara de 19 agendamentos, 6 faltas (31,5%).

A Unidade de Avaliação e Controle (UAC), responsável pelo agendamento dessas consultas explica que cada cidade recebe uma cota de exames e consultas, distribuídas pela Diretoria Regional de Saúde, e que existem dois tipos de percas de vagas: a primária, quando a vaga é disponibilizada, mas não tem agendamento (acontece quando o paciente troca o telefone e não avisa a unidade, e por isso a UAC não consegue notificar o paciente sobre o agendamento) e a secundária, que é quando o paciente tem o agendamento, retira a guia, confirma presença e, depois de tudo isso, não vai.

Ambos os casos implicam em prejuízo para a instituição que está ofertando o exame ou consulta e, consequentemente, implica na redução de cotas do município e na ociosidade do serviço. Ou seja: quanto mais os pacientes faltam nas consultas de especialidades menos consultas são oferecidas à Cabreúva. O mesmo ocorre com os exames.

Conscientize-se: atualize seu cadastro nas unidades de saúde e não retire guias de exames e consultas aos quais não pretende comparecer. Faça a sua parte!

 

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Assuntos relacionados: faltasexamesconsultas
Autoria: Jaqueline Rosa
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

12 ABR

Saúde promove Dia D de vacinação neste sábado (13)

09 ABR

Inscrições abertas para o Mutirão de Castração do Creadoca

08 ABR

Novo Boletim Epidemiológico da Dengue

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2024 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.