Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Home

13

Fundo Social: Alunos do curso de Padaria Artesanal abrem Padaria no Vale Verde


Atualizado em 14 Set 2017 às 04h

São 7 de manhã e o cheirinho de café fresco acompanhado de pães quentinhos, anunciam diariamente que os  trabalhos já se iniciaram na Padaria do Vale Verde.  Há 6 meses presente no bairro, o comércio vem  conquistando a casa dos cabreuvanos não só pela qualidade dos produtos, mas pela simpatia e determinação do casal Erandir e Jailda, proprietários do estabelecimento.

 

Tudo começou quando o casal visitava o município a passeio. Ao se hospedar na casa de parentes, percebia-se o longo percurso a se deslocar até a padaria mais próxima. A “massa” foi moldada e começou a ser esquentada no mês em novembro de 2016, quando Erandir viu a crise levar o seu emprego de 12 anos em uma gráfica em São Paulo. A partir dali, Erandir começou a dar forma ao sonho e passou a visitar Cabreúva mais vezes, visando abrir seu próprio negócio.

 

Foi em uma dessas visitas, que o casal foi apresentado ao curso de Padaria Artesanal do Fundo Social de Solidariedade e viram o sonho ser aquecido de oportunidades, no qual concluíram o curso e conseguiram alcançar o objetivo: abrir sua própria padaria.

 

No começo não foi fácil, mas a essência da ‘Cidade da Amizade’ foi colocada a mostra e Erandir e Jailda contaram com total apoio e paciência por parte dos moradores, que começaram cada vez mais a acreditar no potencial do empreendimento e recomendá-los cada vez mais. O irmão de Erandir, Ernando e a cabreuvana Cidinha, especialista em confeitaria, também se juntaram  a equipe que hoje atende toda a população do bairro e adjacências, com pães assados no local, café, bolos, tortas e  quitutes doces e salgados, além de tantos outros produtos.

 

A novidade correu pela cidade e a padaria vem recebendo diversas visitas inesperadas, como a coordenadora do Fundo Social Marisa Romão que na última semana foi conhecer e parabenizar o casal pela conquista, e na manhã desta quinta-feira, 13, foi a vez do prefeito Henrique Martin conhecer de perto o pãozinho que está na boca do povo.

 

“Que felicidade ver que o nosso trabalho vem fazendo a diferença na vida das pessoas. É gratificante ver como vocês acreditaram no sonho de vocês e torço para que muito mais pessoas que realizam cursos no Fundo Social possam acreditar no potencial e conquistar ainda mais seus objetivos”, comentou Henrique.

 

O Fundo Social de Solidariedade, completou no mês de agosto 4 anos de funcionamento em solo cabreuvano. Através do Polo da Beleza e Polo da Padaria Artesanal, o Funssol promove cursos gratuitos de qualificação profissional, com o objetivo de proporcionar novos aprendizados e melhores qualificações no currículo para os cabreuvanos, gerando oportunidades e fonte de renda extra.

 

“São histórias como do casal Erandir e Jailda que nos inspiram e mostram que estamos no caminho certo. Este é um caso de pessoas que participaram dos nossos cursos e acreditaram nos seus sonhos, assim como tantos outros cabreuvanos que apostam no potencial e fazem produtos ali aprendidos. Vamos continuar trabalhando e trazendo mais cursos para Cabreúva, para fazer com que essas histórias de determinação cresçam ainda mais”, comentou Mari Martin, presidente do Fundo Social de Cabreúva. 

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Assuntos relacionados: padaria artesanalfundo social
Fonte: Decom Cabreúva
Autoria: Luana Moreira
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

17 MAI

Boletim da Dengue: Cabreúva tem 515 casos confirmados

17 MAI

Inscrições abertas para o concurso Miss e Mister Melhor Idade 2024

17 MAI

COMTUR se reúne e discute revisão do Plano Diretor de Turismo

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2024 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.