Exposição 'Deixe-me Ser eu Mesmo' é inaugurada na E. E. 'Eugênia' - Prefeitura de Cabreúva
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        

        
        
        

        
        
        
        
        
        

        
        

        
        

        
        
        
                        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
          
        
        
        
        
        
        
        
        
        

		
		


    

Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Home

00 AGO

Exposição 'Deixe-me Ser eu Mesmo' é inaugurada na E. E. 'Eugênia'


Atualizado em 06 Nov 2015 às 02h

A parceria entre Secretaria da Cultura, Instituto Plataforma Brasil (IPB) e Casa de Anne Frank, na Holanda, está levando a exposição em homenagem à menina judia, ‘Deixe-me ser eu mesmo’, a 5º escola estadual de Cabreúva, a “Eugênia Ferrarezzi Nunes”, do Jardim Colina da Serra. A abertura foi na terça-feira, dia 3.

 

A cerimônia de abertura começou com a presidente do IPB Joëlke Offringa contando um pouco do que Anne escreveu em seu diário: “trabalharei em prol da humanidade, se me deixarem ser eu mesma”, e concluiu dizendo que sua voz não foi ouvida na época, mas é ouvida hoje. Um grupo de alunos apresentou uma dança retratando desentendimentos e exclusão. Em seguida, o secretário da Cultura Glicério Arruda, parabenizou os alunos e os professores pela dedicação ao projeto. “Vocês são multiplicadores e merecem aprender o máximo possível”, concluiu o secretário.

 

O próximo a falar com os alunos foi o vice-diretor da escola “Capitão Vitório Togni” e psicopedagogo da APAE, Valter Siqueira, explicando o que é considerado normal pela sociedade, mas não necessariamente é, provocando a reflexão de todos. Os alunos do 7º ano leram um poema e em seguida três alunos fizeram uma apresentação musical. O diretor da escola Eugênia, Valdir de Oliveira, comentou que esse programa vem de encontro com a ideologia de trabalho dele. “Fico muito feliz em trabalhar essa temática com vocês. Temos que nos lembrar que maus exemplos não podem ser referência, o ódio só traz coisas ruins”, contou.

 

O vice-diretor da escola estadual “Prefeito Antônio Odilon Franceschini”, Adilson Benedetti, falou com a grande plateia sobre a capacidade que todos tem de mudar. Em seguida, a professora de Educação Física, acompanhada do violão tocado por Gustavo Furtoso, funcionário do IPB, cantou a música ‘Valeu Amigo’.

 

Os alunos que fizeram o curso para monitores da exposição receberam seus certificados. Para encerrar, Joëlke convidou o grupo de capoeira do professor Fabrício Palmito para se apresentar, arrancando aplausos e gritos da plateia. 

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Autoria: Thalita Marchiori
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

27 JAN

O GOLPE TA AÍ, CAI QUEM QUER

26 JAN

Ocorreu na terça-feira (24) o lançamento da revista "VivaCidade" do Fundo Social de Cabreúva

26 JAN

Comunicado Edital 02/2023 (cargo de psicopedagogo) do concurso!

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2023 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.