Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Home

02 FEV

Defesa Civil lidera força tarefa para conter vapor tóxico em uma empresa do Pinhal


Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, CETESB, Trânsito e Meio Ambiente, essa foi a estrutura deslocada para uma empresa do Bairro Pinhal na manhã da última quarta-feira, dia 01, quando uma carga de seis toneladas de cloro sólido estava sendo descarregada e em contato com a água da chuva, começou reagir e liberar gases tóxicos.

Segundo a Defesa Civil, funcionários de empresas que ficam no entorno começaram a reclamar do cheiro forte e se queixar de náuseas e dores de cabeça, quando imediatamente acionaram a equipe. Ao chegar no local, após constatado o problema, foi solicitado o apoio do Corpo de Bombeiros, que prontamente atenderam ao chamado.

De acordo com um dos bombeiros, uma carreta estava descarregando uma grande quantidade de cloro, alocada em recipientes conhecidos como ‘bombas’. “As bombas são de plástico e estavam muito velhas e na hora de descarregar, quebraram todas e o cloro esparramou em cima da carreta e no chão”, explicou o Sub-Tenente do Corpo de Bombeiros de Jundiaí (SP), Anderson Arantes.

Toda a área precisou ser isolada pela Defesa Civil e, aproximadamente, 40 funcionários que tiveram sintomas de intoxicação, foram liberados do trabalho. “Dor de cabeça, náuseas, uma ardência nos olhos e a boca sente um amargor muito forte”, acrescenta o coordenador da Defesa Civil, Tiago Magri.

Técnicos da Cetesb foram acionados e estiveram no local para verificar quais foram as causas que provocaram o vazamento e se a empresa tinha licença para manusear esse tipo de produto.

Durante o transbordo da carga, o cloro começou a reagir novamente, causando um incêndio, que foi controlado pelos Bombeiros e pela Defesa Civil. O trabalho seguiu até a madrugada e durante toda a noite, técnicos da Defesa Civil, com o apoio do Grupamento de Bombeiros Civis Voluntários de Várzea Paulista (GBCV), monitoraram as ações para que o material fosse enterrado e com isso o vazamento tivesse fim.

Somente na manhã de quinta-feira, dia 02, o trabalho teve fim e o material foi descartado de modo que não causasse mais prejuízos a ninguém.

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Assuntos relacionados: Defesa CivilcloroPinhalocorrências
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

17 MAI

Boletim da Dengue: Cabreúva tem 515 casos confirmados

17 MAI

Inscrições abertas para o concurso Miss e Mister Melhor Idade 2024

17 MAI

COMTUR se reúne e discute revisão do Plano Diretor de Turismo

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2024 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.