Coronavírus: programas dão apoio psicológico para população - Prefeitura de Cabreúva
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
                

        
        
        

        
        
        
        
        
        

        
        

        
        

        
        
        
                        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
        
          
        
        
        
        
        
        
        
        
        

		
		


    

Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Cadastre e receba
nossa newsletter:

Cabreúva

Notícias - Home

13 ABR

Coronavírus: programas dão apoio psicológico para população


Atualizado em 16 Abr 2020 às 03h

 

A Secretaria de Saúde de Cabreúva, por meio da coordenação de Saúde Mental, desenvolveu programas de apoio para a população e para profissionais da área da saúde. Eles fazem parte das ações de enfrentamento do coronavírus (covid-19) na cidade.

 

O programa “Em casa, mas não sozinho” é um plantão psicológico para prevenção de danos psíquicos, acolhimento, escuta e apoio ao luto, voltado para a população em geral. “O atendimento é feito, exclusivamente, pelo telefone, por chamada de vídeo ou de voz”, destaca a coordenadora da Saúde Mental, Claudia Montanari.

 

Estão disponíveis três números de telefone: (11) 94265-8106; (11) 93287-4999 e (11) 99769-6381. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30. “Qualquer pessoa que precise de um apoio psicológico pode entrar em contato conosco”, frisa Claudia.

 

Outro programa disponível é o “Dúvidas? Estamos aqui”, da terapia ocupacional. É voltado tanto para os pacientes do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), quanto para qualquer pessoa que esteja com dificuldade com a nova rotina da quarentena.

 

O momento atual, destaca Claudia, tem trazido grande impacto na vida e a terapia ocupacional reconhece as consequências e mudanças que estão acontecendo na mobilidade, na atividade de vida diária e instrumental do ser humano. “Sendo assim, as terapeutas podem acolher e orientar o paciente para inserir atividades significativas na rotina dentro das possibilidades atuais e criar estratégias facilitadoras para manter a saúde mental.”

 

O atendimento é feito via teleconsulta, apenas de segunda, quarta e quinta-feira, das 7h às 13h15, pelo telefone (11) 4528-1090.

 

A coordenadora da Saúde Mental destaca ainda o programa “Cuidando de quem cuida”, que é voltado para os profissionais das áreas que estão na linha de frente do enfrentamento da pandemia. É também um plantão psicológico para prevenção de danos psíquicos, só que direcionado para profissionais da área da saúde, da Defesa Civil e da Segurança Pública.

 

O atendimento está sendo feito por telefone, por chamada de voz ou vídeo. “Mas esses números serão divulgados apenas para os coordenadores de cada área. Quem precisar, deve procurar seu coordenador”, orienta Claudia.

 

Compartilhar :
Twitter
Imprimir
Assuntos relacionados: coronavírussaúdesaúde mental
» Todas as notícias

Ultimas Notícias

03 JUN

Mexa-se vai estimular prática de atividade física em Cabreúva

03 JUN

Coronavírus: Prefeitura divulga 45º Boletim Oficial

03 JUN

Educação de Jovens e Adultos abre inscrições para 2º semestre

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente
Cabreúva
Prefeitura Municipal de Cabreúva - Rua Floriano Peixoto, 158 - Centro - Cabreúva - SP
Todos os direitos reservados © 2020 - Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.